JAPÃO: CULTURA DO LIXO

Aqueles que desobedecem as regras de separação, coleta e reciclagem se lascam, as multas podem chegar em até 250 mil reais.

Falar sobre a separação, coleta e reciclagem de lixo no Japão é um assunto bem complexo. Existe infinitas regras a respeito deste assunto, cada cidade e província tem suas regras para separação e coleta de lixo. Apesar de cada local ter suas regras diferentes, existe um padrão neste assunto.

No Japão cada pessoa é responsável por separar seu lixo, e jogar fora no local correto. Existe uma cultura de limpeza que faz com que o Japão esteja sempre limpo.

Na maioria das cidades o lixo deve ser levado aos locais determinados para coleta, no dia determinado até às 8:30 horas da manhã. O dia de jogar o lixo pode varia até mesmo conforme o bairro. Para facilitar, a prefeitura ou bairro é responsável por ajudar, e entregar um manual dando todos os detalhes de como o lixo deve ser jogado fora.

Cada local tem seus sacos plásticos transparentes ou semi-transparentes únicos. Os lixos são dividido em infinitas categorias, e as vezes é necessário separar o lixo do lixo. Alguns objetos devem ser divididos o plástico do papel e similares. Assim cada material vai para o local correto.

As vezes a reciclagem pode sair caro. Os sacos plásticos, e até etiquetas que são usadas para reciclar lixos grandes, tem um custo. Aqueles que desobedecem as regras de separação, coleta e reciclagem se lascam, as multas podem chegar em até 250 mil reais

Deixe uma resposta